sábado, 7 de julho de 2018

COPA DO MUNDO 2018 - tudo tem limite...ou não




   Deu a semifinal Inglaterra e Croácia. Tudo indica a Inglaterra na final, a Croácia tem avançado aos trancos e golpes de sorte. Os ingleses têm mostrado uma solidez no jogo que impressiona. E um ou dois talentos que podem decidir uma partida, sem ser estrelas intocáveis ou meteoros que rolam pelos céus. 

   De França e Bélgica deve sair o campeão mundial. Tem tudo para ser uma partida memorável...ou não. A rapaziada estará diante de uma situação limite, veremos como reagirão. 

    A discussão agora tem sido o distanciamento do futebol europeu daquele praticado pelos sul-americanos. Do jogo coletivo para aquele escorado no talento individual. Notável é que não se fale mais da diferença entre futebol arte ou talento e jogo esquemático. Isso porque França e Bélgica esbanjam talento e beleza no fluir do seu jogo. E mais uma vez a condição física torna-se vetor importante no futebol. Os grandalhões aprenderam bem.

   Agora só temos de brasileiros os árbitros. O Mário Fernandes viveu hoje sua história trágica. Espero que ele tenha escapado da fúria daquele treinador russo...

   Bem, não vou falar do Neymar Jr, o menino sofre demais, é duro ser ele mesmo, segundo garantiu Edu Gaspar, é de dar pena. Que fale o pessoal do Qatar.

Nenhum comentário: