segunda-feira, 18 de junho de 2018

COPA DO MUNDO 2018 - Mexicozinho



   De forma geral, o México realizou uma façanha notável ao vencer a Alemanha.
   No entanto... 
   Diante das circunstâncias da partida, o desempenho mexicano foi sofrível. Estabelecido o padrão de jogo, firmado o contra-ataque como arma preferencial, definido o destrambelhamento da equipe alemã  -  essas, as circunstâncias referidas  - a equipe do México mostrou uma incompetência incorrigível em marcar gols praticamente feitos.
   Lá ia, lá ia, lá ia o México em velocidade, em bloco, 4 contra 3, 3 contra 2, 2 contra 1... e errava a assistência e chutava na lua e errava a assistência e chutava na lua... Parei de contar ali pela meia dúzia de gols perdidos. Está claro que um time com tamanho grau de incompetência no ataque não tem futuro numa competição como a Copa do Mundo. Pode ir às oitavas, mas de lá não passa. Mas duvido que vá, pelo que mostraram Suécia e Coreia do Sul. Veremos.
    Agora, a Federação Mexicana já foi multada sete vezes por conta do grito homofóbico da torcida. Acho que multa não resolve. Talvez resolva se a seleção mexicana sofrer um gancho de uma Copa do Mundo, só pra começar. Isso sim, seria punição exemplar.
    De resto, Cristiano Ronaldo (3), Diego Costa, Lukaku e Kane (2) já mostraram ao que vieram. Fizeram o que deles se espera. Será que é o mesmo caso dos outros, desses mesmos que você está pensando agora?

Nenhum comentário: