quinta-feira, 28 de junho de 2018

COPA DO MUNDO 2018 - oitavas na peneira




    Definidos os confrontos das oitavas de final, temos uma chave europeia com um sul-americano e uma chave latina com um asiático. Os africanos se foram, como sempre, infelizmente, pagando o preço da displicência ou desconcentração, sabe-se lá.

    A chave latina, a nossa, tem França e Bélgica (forcei um pouco aqui) e se passarmos do Mexicozinho, toparemos com a Bélgica. Isso porque o Japão já foi eliminado depois do papelão de hoje, não dá pra imaginar o Japão avançando na Copa. Já deviam estar de malas prontas, WO, um outro tipo de haraquiri.

   Imaginei que o tempo era para um novo campeão, Bélgica ou Croácia. A Bélgica nos topará no caminho, e não somos uma pedra qualquer. A Croácia, na outra chave, tem estrada aberta até a semifinal, quando deverá pegar a Inglaterra. (Isso, sim, é palpitar, em todos os sentidos). Poderá ir à final se ampliar a solidez da equipe e o brilho de Modric se intensificar. Oh, o imponderável...

   Tão pegando no pé do Paulinho. Não pode haver besteira maior. Paulinho joga há um ano e meio sem férias, por conta da transferência China/Espanha. O cara é o que tem o gráfico de maior desgaste físico inicial. Tem cansado no segundo tempo e corretamente substituído. Aí vem a claque de urubus... Parece esquema organizado para desviar atenção do "herói quicai". É o jogador mais confiável da seleção. Paulinho, é claro.

   
    

Nenhum comentário: