Momento

TORCER PODE RESULTAR EM OBRA DE ARTE (fico devendo a referência)






segunda-feira, 18 de maio de 2015

BRASILEIRÃO 2015 (3)



E eis que o Vasco segue invicto na competição: dois empates sem gol. Desempenho mais vascaíno que esse é impossível. Interessante foi a desculpa do técnico Argel, do Figueirense: jogador dorme muito tarde, altera o relógio biológico, jogar 11h fica difícil. Sem armador, o Vasco vai supliciar seus torcedores, como sempre faz.
 
Diego Souza foi um dos melhores goleiros da rodada, o que é o futebol. Tiraram na marra a vitória do Sport dentro do Maracanã. Como sempre fazem em favor do Flamengo, história mais antiga não há. Hoje, no Redação Sportv, Rizek teve que engolir os companheiros de bancada afirmarem que a falta de fair-play não foi falta de fair-play. Isso, depois de taxarem de canalhismo a atitude dos jogadores do Boca Juniors ao aplaudirem a torcida. Mas a atitude canalha do time do Flamengo em não devolver a bola, essa é do jogo, do momento, normal, bola que segue. Canalhismo puro.
 
O Flamengo devia, sim, devolver a bola para o Sport. Nenhum argumento a favor do Flamengo tem valor moral. A partir do momento em que o goleiro Diego Souza jogou a bola pra fora, em seu campo de defesa, para o atendimento do companheiro de time no ataque, o Flamengo tinha a obrigação de devolver a bola. Neste e em qualquer outro mundo. Fosse ou não intenção de parar o jogo, a bola estava com o Sport e para o Sport deveria voltar, houvesse decência do outro lado.
 
A mídia flamenguista arrancou da grama e da lama todo tipo de argumento para justificar o fato de que o Flamengo não fez o que deveria ter feito. E por não ter devolvido a bola, o gol de empate saiu. Isso é definitivo e não tem porém. Tivesse devolvido a bola, o Flamengo poderia até vir a fazer dois gols em 30 segundos, mas aquele que fez não faria de jeito nenhum, seria impossível. Portanto, mais uma vez, o Flamengo é carregado nas costas da arbitragem e da imprensa. Pois time mesmo, não tem.
 
E as equipes reservas continuam em campo. O Atlético MG, eliminado da Libertadores, botou o time principal e goleou o Fluminense. Sei não, mas tem cheiro de Segundona para mais carioca, a verificar adiante.

Nenhum comentário: