Momento

TORCER PODE RESULTAR EM OBRA DE ARTE (fico devendo a referência)






quarta-feira, 28 de março de 2012

DE FEDERICO

Não comentei à época, faço o registro agora: Matias De Federico foi contratado pelo Corinthians como craque revelação. Veio, jogou uma e outra vez, foi pra reserva, o tempo passou e ele sumiu. No começo de janeiro, naqueles dias de calhau nos jornais, li uma pequena entrevista com De Federico na internet.

De volta à Argentina, De Federico já enfrentava críticas da torcida e da imprensa portenha. Então, De Dederico confessou algo interessante: que ele acreditara no que diziam dele, de ser um craque, e agora constatava que não era nada daquilo, de que não era definitivamente um craque.

De Federico ainda é jovem, talvez esteja passando por uma crise de autoconfiança, de deficiência técnica por motivos físicos, táticos ou de readpatação ao futebol argentino, mas tem a coragem de fazer tal confissão a um repórter. No Brasil, dá-se exatamente o contrário: pernas de pau afirmando-se gênios da bola.

Pelo menos, nisso, De Federico me impressionou bem.

Nenhum comentário: