Momento

TORCER PODE RESULTAR EM OBRA DE ARTE (fico devendo a referência)






domingo, 5 de dezembro de 2010

DIA DA FAIXA

  1. Hoje o Fluminense coroa sua campanha com a faixa de campeão. Que já deve estar pronta faz tempo. Depois de alguns anos de intensos dramas, o título vem em boa hora para o clube e torcedores.
  2. O Corínthians não pode reclamar de nada. Perdeu pontos decisivos para o Vitória (sem contar outros) na reta de chegada. E ano passado entregou a penúltima partida para o Flamengo só para tirar o Palmeiras da disputa. Bateu lá, tomou cá.
  3. O Cruzeiro também não. Não bateu o Corínthians e perdeu partidas inacreditáveis dentro de casa.
  4. O amante do futebol, sim, tem muito que reclamar. Mas grande parte das reclamações esbarram numa cláusula pétrea: a brasilidade, o tal caráter brasileiro. Como não elegemos Cristovam Buarque, ou outro presidente que tivesse a educação como necessidade primeira e segunda e terceira e quarta e quinta e sexta e sétima e oitava e nona e décima, tem-se que os absurdos recentes se repetirão nos próximos campeonatos. E assim não deveriam querer os deuses do futebol, pelo conhecido gosto deles por tragédias, afastadas do campeonato pelo entrega-entrega.
  5. Do que tenho lido e ouvido, a melhor sugestão é a de programar para as últimas rodadas do campeonato brasileiro os clássicos regionais. Não só teríamos grandes partidas, mas como se anularia o entrega-entrega. Pois seria impossível para o Flamengo (fora da disputa) entregar o jogo para o Vasco; da mesma forma, o Palmeiras para o Corinthians, o Fluminense para o Botafogo, o Cruzeiro para o Atlético, o Grêmio para o Inter, e os outros mais.
  6. Mesmo como está, o campeonato por contos corridos ainda é a melhor fórmula. Que pode, e deverá, ser melhorada.
CB

Nenhum comentário: