Momento

TORCER PODE RESULTAR EM OBRA DE ARTE (fico devendo a referência)






sábado, 3 de julho de 2010

NOTAS DA COPA

  1. CRAQUE DA COPA - Se fosse o Robinho a driblar e a levar a bola até a linha de fundo e tocar pra trás para um companheiro fazer o gol, a imprensa brasileira estaria falando, e falaria até o fim dos tempos, da jogada de gênio, de GÊNIO!!!!, feita por um dos maiores craques da história etc. e tal. Mas quem fez a tal jogada foi um alemão, Schweinsteiger, hoje, na partida contra a Argentina. Este é o meu craque da Copa, pelo que fez até agora (foto).
  2. NA ADVERSIDADE - O que passa na mente de um argentino, paraguaio, uruguaio e de qualquer europeu quando sua seleção está perdendo: "Puxa vida, precisamos empatar, virar o jogo, ganhar a partida, precisamos ir pra frente, lutar, vamos lá, precisamos lutar!" O que passa na mente de um brasileiro quando a seleção está perdendo: "Porra, puta que pariu, estamos fodidos, porra, não vai dar, que merda, acabou, acabou, que merda, porra, não vai dar mais."
  3. DEUSES DO FUTEBOL - Os "Deuses do Futebol" atuaram ontem na partida de Gana, empurraram a Jaburana até o travessão, castigaram o país africano de forma cruel, criaram um momento histórico inesquecível. "Eles" cuidam muito bem do futebol com esses momentos espetaculares e dolorosos. Se eu fosse um "Deus do Futebol" defenderia a tese na reunião de amanhã no Olimpo de que é chegada a hora de recompensar a Holanda. E nada melhor do que contra a Alemanha - tida como melhor seleção da Copa - em uma final que reedite aquela em que a Holanda foi cruelmente castigada em 1974.
  4. GOGÓ - Definitivamente, não se ganha uma partida, muito menos título, na garganta. Como dizia Juarez Soares, "jogo é jogado e lambari é pescado".

Um comentário:

Mayrant Gallo disse...

Pois é, a Globo ainda acha que Robobinho é o craque da Copa...